Os Insetos da Horta

Escola Básica de Rates (Póvoa de Varzim)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
• Vantagens
É um grande agente polinizador por ser um animal rápido, conseguir voar em ziguezague e, após um tempo com o pólen instalado em certo local, consegue saber é o melhor horário para coletar o pólen. Sem as abelhas não perderíamos só o mel e os produtos agrícolas. A produção de animais para consumo humano também sofreria grandes perdas, já que estes bichos são herbívoros. A vida selvagem de uma forma geral sofreria sem elas: a vegetação seria drasticamente reduzida e, assim, a vida como um todo.
• Formas de atrair
Plantar flores silvestres, frutas e vegetais; As abelhas são atraídas pelas flores e plantas aromáticas, especialmente as pequenas, de cores mais claras como branca e amarela e com floração em massa, ou seja, que floresce tudo de uma só vez e não gradativamente.
• Formas de manter
Permitir que o jardim detenha de uma pequena fauna e ao fornecer água e abrigo às abelhas.

Espécie 2:
• Vantagens
As joaninhas tratam-se de um dos maiores predadores de acarídeos, que são na sua generalidade considerados pestes dos espaços verdes. Protegendo a população de joaninhas e até fazendo com que aumente estamos a promover o combate a estas pestes. Reduzindo a sua presença de uma forma natural, barata e sem problemas ambientais.
• Formas de atrair
A primeira coisa que ajudará a atrair as joaninhas será a comida. As joaninhas comem duas coisas: pragas e pólen de flores. Existem várias plantas que as joaninhas gostam. Essas plantas têm, normalmente, flores planas ou em forma de funil e tendem a ser brancas ou amareladas, como por exemplo a erva-doce, coentros, dentes-de-leão, zinias, ...
• Formas de manter
O mais importante além de atrair as joaninhas é mantê-las protegendo as suas plantas. Outra coisa muito importante é eliminar o uso de inseticidas, regar as folhagens das plantas e colocar recipientes rasos com água para elas beberem. Podemos também construir abrigos, pois nos meses de outono e inverno, as joaninhas adultas entram em estado de dormência.

Espécie 3:
• Vantagens
As vantagens dos crisopas são muito parecidas com as das joaninhas, que é a capacidade de mitigar a população das pragas e contribuir para a diminuição do uso de pesticidas químicos.
• Formas de atrair
Ter na horta plantas do seu interesse como angélicas, o dente-de-leão, o endro ou o girassol.
• Formas de manter
Para manter os crisopas devemos criara um ambiente agradável à espécie protegendo e tratando das plantas.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
A mosca branca pertence à família dos aleyrodidae e já foram encontradas mais de 1500 espécies de 160 géneros diferentes. Tem uma coloração amarelo-pálido, com asas brancas e olhos negros. A mosca-branca é muito pequena, medindo de 1 a 2 milímetros.
As implicações deste animal na horta são a sucção de seiva, que leva ao enfraquecimento das plantas e a depositação de toxinas que provocam a alteração do desenvolvimento reprodutivo e vegetativo da cultura. A mosca-branca também secreta uma substância açucarada que facilita o desenvolvimento de doenças como a fumagina, um tipo de fungo que impede a fotossíntese nas plantas. Para além disso, este inseto é vetor de doenças, como o vírus TYLCV ( Tomato Yellow Leaf Curl Virus) ou CBSV (Cassava Brown Streak Virus) que afetam as diferentes culturas (tomate, alface, feijão, soja, hortaliças,…).
Quanto à forma de os combater, o método mais simples passa por colocar armadilhas de cor amarela, em lona, plástico, garrafas plásticas etc., untadas com óleo vegetal ou azeite, com o objetivo de atrair e reduzir a população de adultos de mosca- combate branca. Podemos também combatê-los com o aumento/presença de inimigos naturais da mosca-branca, como os besouros, vespas, percevejos, …

Espécie 2:
O grilo-toupeira (Neocurtilla hexadactyla) é um inseto da ordem Orthoptera.O adulto mede cerca de 30mm e possui uma cor pardo escura.
São insetos de hábitos subterraneos e noturnos, cavando galerias no solo e alimentando-se das raízes das plantas, de matéria orgânica em decomposição , de tubérculos e da parte aérea de plantas novas.
Causam danos em diversas culturas ( alface, espinafre, pepino, tomate,…).
O controle destes insetos pode ser feito a partir de armadilhas que podem ser feitas com garrafas PET cortadas ao meio e enterradas próximas às plantas, contendo água e algumas gotas de detergente para o inseto se afogar. As iscas são também um método eficaz de controle. Podem ser feitas com melaços diluidos em água, colocados em recipientes e dispostos nos locais de maior incidencia do inseto. Evitar a irrigação em demasia e não deixar detritos no solo, ajuda também na redução deste inseto.

Espécie 3:
O pulgão preto mede cerca de 2 milimetros e tem o corpo de coloração castanho-escuro.
Este pequeno inseto ataca de diversas formas : causa atrofia e murchamento das folhas e dos brotos da planta, suga a seiva das plantas e secreta uma substância (honeydew) nas folhas do limoeiro que impede parte da fotossíntese, prejudicando a qualidade dos limões produzidos pela planta .
O controle deste inseto pode ser feito através das joaninhas, que são o seu principal predador, sendo um agente de controle biológico bastante eficaz.
Outra forma de fazer este controle é através da plantação de alho, lavanda, manjericão, por exemplo, pois, como muitos outros insetos, o pulgão é repelido pelo cheiro.
Outra forma de eliminar a praga do pulgão, é pulverizar a planta com alho fervido em água.

Memória descritiva:
Inicialmente dividiu-se o trabalho pelos dois elementos do grupo, um ficou com 3 espécies de insetos benéficos e o outro com 3 espécies de insetos prejudiciais.
Procedeu-se à recolha de informação, principalmente na internet, sobre as vantagens destes animais na horta e formas de os atrair e manter, no caso dos insectos benéficos e as implicações destes animais na horta e forma de os combater, no caso dos insectos prejudiciais.
Na ilustração de cada um dos espécimes utilizaram-se lápis de cor.