Os Insetos da Horta

Jardim de Infância de Serpins (Lousã)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
Abelhas: Elas são as grandes polinizadoras, indispensáveis para o crescimento e propagação das plantas. Além de contribuírem para o aumento da produtividade, melhoram a formação de frutos como os Morangos. Devemos-lhes a diversidade e manutenção do ecossistema, por isso, cuidar das Abelhas é cuidar da Natureza. Podemos atrair Abelhas para a horta plantando flores silvestres, coloridas e que florescem em épocas diferentes. Algumas ervas aromáticas também são um ótimo isco para atrair abelhas, como é o caso do Alecrim, da Menta, do Tomilho, da erva-Cidreira ou dos Orégãos.

Espécie 2:
Joaninhas: Desde que nasce e é uma pequena larva, até à fase adulta a joaninha é uma predadora de pulgões, piolhos e ácaros. Há várias espécies de joaninhas, as mais comuns, com sete ou dois pontos pretos sobre fundo vermelho na fase adulta, têm o corpo cinzento e pintas amarelas quando larvas. Não queremos um ecossistema desequilibrado na horta, mas atrair algumas Joaninhas é sempre bom, para isso a plantação de Coentros, Funcho, Cominhos, Dente-de-Leão ou Cenouras

Espécie 3:
Bichas-cadelas ou tesourinhas: São insetos facilmente reconhecíveis pelos seus anexos abdominais na forma de fórceps. São omnívoros, comem vegetais e insetos, portanto devemos controlar o seu comportamento na nossa horta. As tesourinhas podem ajudar muito as hortas, pois alimentam-se de pulgões, larvas, grilos e formigas.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
As lagartas são insetos vorazes, que adoram comer as folhas das couves, mas também bróculos, alfaces e outras plantas da horta. De tão faminta, ela devora os vegetais até ao talo, deixando na horta um rasto de destruição.

Espécie 2:
A cochonilha é um inseto que está presente tanto em jardins como em hortas. A principal atividade desta praga é sugar os nutrientes da planta e roubar a seiva (ou seja a cochonilha suga a parte líquida das plantas que serve para as alimentar). Esta ação faz com o que as plantas murchem com facilidade e apresentem manchas por toda a folha, acabando por morrer se a planta não for tratada.

Espécie 3:
Verdes, amarelos ou pretos os pulgões ficam geralmente alojados nas folhas mais jovens ou recém nascidas e provocam uma redução do crescimento e da produtividade das plantas, afetando sobretudo as flores e os frutos.
Os pulgões são insetos sugadores capazes de se multiplicar rapidamente. Eles se alimentam da seiva das plantas, perfurando os vasos condutores (ou sejam furam os tubinhos que existem dentro das plantas que transportam os alimentos). As plantas atacadas pelos pulgões murcham, as suas folhas ficam enrugadas, deixam de crescer e se não forem tratadas, morrem.

Memória descritiva:
As educadoras enviaram textos de apoio com fotografias (elaborados a partir de pesquisas realizadas na Internet) para os pais e encarregados de educação se documentarem, no sentido de mais facilmente ajudarem os respetivos educandos na realização das atividades.
Esta foi a forma que consideramos mais adequada para não sobrecarregar os pais e encarregados de educação que se têm desdobrado entre o trabalho e o apoio aos educandos a frequentar o ensino obrigatório.