Os Insetos da Horta

Centro Social Paroquial dos Santos Mártires (Bragança)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
As Joaninhas – Uma joaninha é capaz de devorar 200 pulgões num dia. As joaninhas também podem comer larvas, ácaros e moscas-brancas. É um dos principais responsáveis pelo controlo biológico dos famosos pulgões que se alimentam de seiva das plantas e causa estragos nas hortas.

Espécie 2:
As abelhas – Todos sabem que as abelhas são extremamente eficazes no processo de polinização, essencial a algumas plantas.

Espécie 3:
As aranhas – As aranhas são os principais predadores de insetos maus. Comem mais insetos prejudiciais que todos os restantes insetos juntos. Portanto, é importante pensar bem antes de pisar nestes bichinhos pouco amados.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
Os caracóis – Apesar de ter fama, o caracol pode provocar danos consideráveis na horta da noite para o dia. Além de danificarem folhas, caules, flores e bulbos, são muito dados à reprodução, pelo que podem multiplicar-se rapidamente pelo seu jardim.

Espécie 2:
As lagartas – São insetos que estão numa fase eu precisam de se alimentar muito para entrar na fase de casulo, onde se desenvolverão por um tempo para então se tornarem borboletas. Imagine o estrago que uma lagarta causa! Elas devoram as folhas e são realmente problemáticas.

Espécie 3:
Os pulgões – São insetos de 5mm de comprimento, de cores variadas, que atacam a seiva dos vegetais e deixam um líquido açucarado, o que pode atrair fungos, bactérias e formigas. Ou seja, uma praga pode-se tornar em quatro. Elas deixam as folhas novas amarelas e enroladas.

Memória descritiva:
O trabalho foi realizado por uma criança de 5 anos com o apoio dos seus pais, quer na pesquiza, quer na ilustração.
Na impossibilidade de sair de casa, a pesquiza foi feita a partir do recurso à internet.