Os Insetos da Horta

Externato Infante D. Henrique (Braga)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
Joaninha
A Joaninha, Coccinella sp., é um inseto com uma importância ímpar na agricultura, sendo muito usadas como agente de controlo biológico de pragas, já que tanto as larvas como os adultos são predadores vorazes de afídeos. Esta utilidade e mais eficiente quando o inseto é uma larva, uma vez que se alimenta de um maior número e animais, mas o adulto também o faz. Alimenta-se essencialmente de pulgões, cochonilhas e ácaros.

Espécie 2:
Abelhão-terrestre
A abelhão é um polinizador por excelência, sendo muito importante a levar pólen, desde os estames até à parte feminina da planta. São por isso importantes essencialmente para espécies hortícolas que dão fruto, como a abóbora, o tomate, o pimento e a beringela, entre outros. Esta espécie foi encontrada a procurar pólen nas flores da horta.

Espécie 3:
Bicha-cadela
A espécie Forficula auricularia é facilmente observada, especialmente à noite. Esta foi observada de dia, por baixo de uma floreira presente na zona da horta de um dos alunos. Depois de investigarmos esta espécie percebemos que é uma espécie ambígua podendo ser benéfica ou prejudicial para a horta, embora isto não seja totalmente consensual. Como agente benigno é lhe apontado um papel importante no controlo de pulgões. Sendo um inseto apontado como omnívoro, alimenta-se também de matéria morta, pelo que a presença de compostagem junto à horta poderá atraí-lo, neste ponto alguns autores consideram-no como causador de estragos em plantas e frutos de plantas hortícolas.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
Cochonilha
A cochonilha é um inseto que, tal como o pulgão, se alimenta da seiva das plantas. Tipicamente, quando uma planta está infestada com cochonilha acaba também por vir a sofrer de uma praga de formigas que se acabam por aproveitar da seiva disponível, libertada pela perfuração da cochonilha. Esta praga foi encontrada numa laranjeira, da horta de um dos alunos e pode ser combatida entre outros pela joaninha ou pela aplicação de fungos. Menos rentável, mas também usada nesta região é a dispersão e uma solução com sabão, com uma pequena quantidade de óleo misturado, sobre as folhas ou solução de vinagre de sidra.

Espécie 2:
Pulgões
Os pulgões, assim como a cochonilha, retiram seiva das plantas para se alimentarem, neste sentido comprometem o seu desenvolvimento. É como observá-lo em espécies hortícolas, como favas e ervilhas, ou até em aromáticas, entre muitas outras. A melhor forma de os afastar é atraindo joaninhas para a horta.

Espécie 3:
Lagarta-da couve
Pieris brassicae é uma borboleta facilmente observada a voar sobre as hortas de Norte a Sul do país. Na época de reprodução coloca os seus ovos em algumas hortícolas, as brássicas, como a couve e os brócolos, daí o seu nome. Coloca algumas centenas de ovos em cada planta e uma vez nascidas as larvas, alimentam-se vorazmente das folhas da hortícola, pondo em causa as colheitas. Apesar de haver no mercado soluções biológicas para o controlo desta praga, a forma mais aceite para o seu controlo em hortas caseiras é a observação e retirada dos ovos e das larvas das folhas onde se encontrem.

Memória descritiva:
Estando nós à distância, os alunos do 5.º ano foram desafiados a encontrar e fotografar animais nas suas hortas, atividade inserida na disciplina de Ciências Naturais, e as docentes também o fizeram. O objetivo era debater a importância dos seres vivos na agricultura e na saúde dos ecossistemas. Depois de apresentados os seres vivos, os alunos foram desafiados a identificá-los, utilizando plataformas digitais de identificação de seres vivos, como a “Insetos em ordem”, sempre apoiados pela partilha em aula síncrona de livros, como o “Guia Fapas”, ou outros guias de identificação de seres vivos.
Identificados os animais, iniciámos a ilustração dos mesmos. Para tal, foi apresenta a ilustração científica e todos os alunos foram desafiados a fazer uma ilustração, o mais fiel quanto possível, de cada um dos animais observados. Feitas a ilustrações, lançamos no office 365, plataforma usada nas aulas síncronas, uma votação entre todas as ilustrações científicas e escolha dos melhores trabalhos pelos alunos envolvidos. Foram ilustrados, pelos diferentes alunos, cerca de 20 animais: abelha. abelhão, cochonilha, joaninha, pulgão, bica-cadela, borboleta da couve, caracol, minhoca, bicho-da-conta, centopeia, escaravelho-da-serralha, várias espécies de borboleta e vespa.