Os Insetos da Horta

Escola EB Sebastião da Gama (Escola Sede do Agrupamento) (Estremoz)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
1 - JOANINHA
A joaninha é um inseto benéfico para a horta.
As vantagens dela é que consegue evitar infestações de pulgões, consegue comer até 100 pulgões por dia!
Para as atrair deve-se plantar: endro, gerânios, funcho, coreópsis (margarida amarela) , angélico, cosmos, tanaceto, cominho, dente-de-leão, coentro, mil-folhas ou cenoura.

Espécie 2:
2 - ABELHA
As abelhas passeiam pelas flores bebendo o néctar para produzir mel e alimentar as crias. Durante esse processo, as abelhas encostam as patinhas nas flores e impregnam-se de pólen transportando-o a outras plantas. Desta forma, a planta fecunda-se e produz fruta e semente.
Para a atrair devemos ter na nossa horta flores coloridas ou plantas aromáticas, nativas com abrigo e muita água.

Espécie 3:
3 - BORBOLETA
Tal como as abelhas as borboletas também têm a capacidade de agir como polinizadoras.
Para as atrair devemos ter na nossa horta: planta com néctar, para as alimentar; procure qual é a espécie de borboleta mais comum na sua região e descubra que plantas ela mais gosta; ofereça espaço com água para elas descansarem (as fontes são as melhores opções); não se esqueça de ser orgânico.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
1- LAGARTA
A lagarta adora comer hortaliças, deixam um rasto de destruição.
Para evitar, podemos colocar nos nossos canteiros uma simples casca de ovo.
Também se pode pulverizar as hortaliças com chás repelentes, acrescidos de sumo de cebola, chá ou tintura alcoólica de alecrim, chá de fumo de corda e alho, ou então, pimenta malagueta agregada à solução de sabão.

Espécie 2:
2 - PULGÃO VERDE
Os pulgões são insetos que sugam a seiva das plantas.
Para a prevenir devemos fazer uma rega adequada à planta e ao clima ou um adubo orgânico sólido de liberação lenta. O nosso objetivo nunca deve ser eliminar completamente o pulgão, mas sim, evitar que a horta sofra danos sem enche-la de inseticidas, nem produtos químicos agressivos. Devemos manter sempre o equilíbrio do agroecossistema!

Espécie 3:
3 - BESOURO
Os besouros atacam folhas e regiões apicais (são tecidos vegetais encontrado em todas as plantas). Para os controlar, pode-se usar inseticidas orgânicas, plantas repelentes, rotação de culturas e controle biológico. O mais indicado é realizar um controlo integrado de todas as técnicas.

Memória descritiva:
Eu escolhi este tema, porque sempre reparei muito nas várias espécies de insetos que aparecem nas hortas. Eu já tinha visto estes insetos, mas havia alguns que eu não sabia o nome tais como o pulgão verde e o besouro. Elaborei todos os desenhos em um dia, mas fiz uns de manhã e os outros, de noite. Demorei cerca de 30 minutos para desenhar e colorir cada inseto. No dia seguinte, fiz as pesquisas na internet, para enriquecer o meu trabalho. E assim o elaborei!
Uma coisa que sempre me chamou a atenção nos insetos, é o facto, de quando os observarmos com os nossos olhos pareceram todos iguais e quando tomamos mais atenção e fazemos mais pesquisas, percebemos que têm sempre grandes diferenças. Uns são benéficos e outros são prejudiciais (nas culturas hortícolas). No entanto, os insetos são muito importantes para o planeta, porque servem de alimento para muitos seres vivos e também produzem vários produtos, também possuem um papel muito importante na criminalística – consiste em desvendar crimes e identificar criminosos – porque os insetos que se alimentam de cadáveres, ajudam a obter informações a respeito do horário e da morte de uma pessoa.
Fiquei muito satisfeita com o meu trabalho e continuo a gostar de observar os insetos que nos cercam, com muita, muita atenção.
Maria Inês Sapateiro, do 5º ano da turma D, da Escola Básica Sebastião de Gama de Estremoz.