Os Insetos da Horta

Escola EB1/JI Cruzeiro - Seixas (Caminha)

Desafio: "Os Insetos da Horta"

Registo Fotográfico:

Insetos Benéficos/Auxiliares:

Espécie 1:
A joaninha é um inseto pequeno, vermelho e com pintas pretas. Existem muitas espécies de joaninhas, e muitas delas têm como presa preferencial os afídeos.
Este inseto é muito amigo da nossa horta, pois é um excelente caçador de pulgões e cochinilha, ajudando a manter a horta viçosa.

Espécie 2:
A abelha, apesar de intimidar as pessoas, é uma grande ajuda na horta.
Elas são boas polinizadoras, ajudam na reprodução das plantas ao saltar de planta em planta em busca de néctar.

Espécie 3:
As aranhas são muito importantes para as nossas hortas.
As aranhas alimentam-se de pulgões, lagartas, larvas de outros Insetos assim como lesmas pequenas, que por sua vez, comem as plantas da nossa horta.

Insetos Prejudiciais:

Espécie 1:
Os pulgões são insetos que atacam a seiva dos vegetais e deixam um líquido açucarado, o que pode atrair fungos, bactérias e formigas. Um conjunto de pragas que destroem as plantas. Deixam as folhas amarelas e enroladas.

Espécie 2:
A mosca branca é um Insetos que prejudica a plantas da nossa horta. Elas atacam uma diversidade de vegetais, como brócolos, pepino, beringela, pimento, abobora e ainda são pragas de tomateiro. Causam a queda de folhas e contribuem para a perda dos frutos. Assim como os pulgões, deixam substâncias açucaradas que atraem outras pragas.

Espécie 3:
A cochinilha é um dos insetos mais comuns nas plantas. Deteta-se com o aparecimento de umas bolinhas brancas nas plantas. Este inseto chupa a seiva do caule, das folhas e dos frutos. Durante a alimentação libertam um óleo que deixa as folhas escuras e atrai outras pragas. A plantas vai enfraquecendo e se a cochinilha persistir pode morrer.

Memória descritiva:
Atendendo a todas as mudanças impostas, nas nossas vidas e nas nossas escolas, em consequência da pandemia COVID-19, fomos levados a reinventar a de ensinar e de aprender. Um processo nem sempre fácil, atendendo á idade dos nossos alunos e ás limitações do agregado familiar.
Assim sendo, para a implementação deste trabalho foi solicitada pelos docentes, a colaboração dos alunos e encarregados de educação. A sua elaboração foi estruturada pelas turmas, atribuindo aos alunos do 3º e 4º ano o trabalho de pesquisa, e aos alunos do 1º e 2º anos a ilustração. Desta forma, tentou-se minimizar o número das tarefas e promover o trabalho de grupo, apesar do distanciamento.