As Nossas Hortas Bio

Colégio-Creche Nossa Senhora da Bonança do Candal (Vila Nova de Gaia)

A Nossa Horta Bio

Horta pequena (até 50m²)

horta em janeiro

horta em março

saber mais sobre a nossa horta bio

desenho/croqui da horta

questionário

1. Há quanto tempo existe uma horta na escola?

Esta horta existe desde fevereiro de 2018, ou seja, tem 2 anos e 3 meses

2. Área aproximada da horta (m²):

5

3. Quem trata da horta?

3.1. N.º de professores envolvidos:

12

3.2. Disciplinas que mais participam na dinâmica da horta:

Estudo do Meio, Área de Projeto, Oferta complementar e Apoio ao Estudo

3.3. N.º de alunos envolvidos:

150

3.4. N.º de funcionários da Escola envolvidos:

2

4. As famílias são envolvidas?

4.1. Como e com que frequência?

As famílias foram envolvidas na recolha de material para a construção e renovação da horta, nomeadamente paletes de madeira. Para além disso, colaboram na recolha/oferta de sementes para geminação. De salientar que a nossa horta está construída num local de passagem, permitindo que os trabalhos e evolução seja acompanhada por toda a comunidade escolar.

5. Apresentar exemplos do impacto da horta na comunidade e nos alunos:

A horta serve como objeto de estudo interdisciplinar, uma vez que em torno dela se discutiram temáticas como a sustentabilidade, educação financeira, alimentação, preservação do meio ambiente, tipos de plantas, tipos de raízes, etc.
Entre os benefícios alcançados com o projeto Hortas Bio nas Eco-Escolas, destacamos o facto de nos ter levado a reaproveitar os resíduos orgânicos da nossa cantina para a produção de fertilizante através da compostagem, evitando assim desperdícios alimentares, a produção de legumes (cenouras, cebolas, nabos, etc), frutas (morangos e abacaxi) e verduras (alfaces, espinafres, etc.) que são utilizados na nossa cantina escolar. A construção da horta promoveu ainda a autonomia e responsabilidade dos nossos alunos e incutiu neles o respeito pelo meio ambiente.

6. Como é organizada a manutenção da horta e a repartição de tarefas?

A manutenção da horta tem sido feita pelos responsáveis pela implementação do projeto Eco-Escolas e pelos alunos pertencentes ao conselho Eco-Escolas. Normalmente os trabalhos são realizados duas vezes por semana (Segunda-Feira e Quinta-feira), após as 16h30, nas aulas de Apoio ao Estudo, uma vez que a essa hora o sol já não incide diretamente na nossa horta.

7. Como é feita a preparação do solo?

A preparação do solo, limpeza e fertilização do mesmo é feita pelos alunos do conselho Eco-Escola. Para a fertilização do solo utiliza-se o composto proveniente do nosso compostor.

8. É feita compostagem?

8.1. Se sim, como e com que materiais?

A compostagem é feita no colégio, num compostor oferecido pela Câmara Municipal de Gaia, utilizando restos da cantina do colégio (vegetais crus, cascas de fruta, arroz e massa cozinhada, cascas de ovos, etc) e com resíduos provenientes do nosso jardim (folhas, ervas daninhas, restos de relva cortada, flores, etc.). Os resíduos são separados, recolhidos e colocados dentro do compostor. Sempre que necessário, regamos ligeiramente os materiais de modo a manter uma humidade adequada. Duas vezes por semana, em dias alternados, a pilha de compostagem é remexida. No inicio do ano o nosso compostor foi esvaziado e o composto foi utilizado para fertilizar a nossa horta e os novos canteiros do jardim exterior.

9. Quais as culturas / consociações instaladas?

Este ano, na nossa horta, plantamos:
Morangos;
Abacaxi;
Cenouras;
Favas;
Ervilhas;
Alfaces;
Couves de bruxelas;
Nabos;
Etc.

11. É feita recolha da água da chuva?

11.1. Como é feita a gestão da rega?

A rega é sempre feita ao final do dia, pelos responsáveis pela implementação do projeto, ou pelos alunos às 17 hora (hora em que o sol já não incide diretamente. Devido ao facto de haver diferenças muito acentuadas ao nível da seca e aquecimento do solo (calor) e do excesso de água, devido à retenção da água da chuva, foi necessário arranjar uma solução, que passou pela colocação de guarda-sois por cima das plantações e de palha sobre a terra. Desta forma conseguimos controlar estes dois fatores com alguma eficácia.

12. Monitorização de pragas e doenças:

12.1. É feita monitorização de pragas e doenças? Como e com que frequência?

Sempre que os alunos destacados vão verificar a horta e a sua necessidade de cuidados, verifica também por vestígios de pragas ou doenças.

12.2. Houve ataques de pragas e/ou doenças?

12.3. Se sim, quais e como foram combatidas?

13. Existem animais de criação ligados à horta?

13.1. Se sim, que espécies?

14. Assinale outras atividades que se realizam em torno da horta:

Feira na escola
Feira na comunidade
Confecção de sopas e outros pratos
Concursos
Aulas na horta
Outra

Outra, qual?

14.1. Das que assinalou, descreva até três que considera mais significativas, referindo para cada uma o número de vezes que se realizou durante o ano, número de pessoas envolvidas, tipo de participação dos alunos, impacto na comunidade e outros aspetos relevantes:

Atividade 1:

Descrição:

Fotografias:

Atividade 2:

Descrição:

Fotografias:

Atividade 3:

Descrição:

Fotografias:

15. Outros aspetos de realce da horta:

Com a implantação da horta no nosso colégio, conseguimos transmitir novos conhecimentos, onde os alunos descobriram técnicas de plantio, de cuidar do solo, aprenderam a cuidar das plantas, assim como técnicas de proteção da estrutura do solo.
A horta contribui para o consumo dos alunos, mas também foi responsável por uma mudança nos seus hábitos alimentares, uma vez que todos quiseram provar os legumes à medida que estes foram nascendo e amadurecendo.

15.1. Link para a página da horta: