As Nossas Hortas Bio

Escola EB1 da Moita (Anadia) (Anadia)

A Nossa Horta Bio

Horta pequena (até 50m²)

horta em janeiro

horta em março

horta em maio

saber mais sobre a nossa horta bio

questionário

1. Há quanto tempo existe uma horta na escola?

9 anos

2. Área aproximada da horta (m²):

10m2

3. Quem trata da horta?

3.1. N.º de professores envolvidos:

3

3.2. Disciplinas que mais participam na dinâmica da horta:

Curricular / Flexibilidade Curricular - Estudo do Meio, Português e Artísticas

3.3. N.º de alunos envolvidos:

46

3.4. N.º de funcionários da Escola envolvidos:

1

4. As famílias são envolvidas?

4.1. Como e com que frequência?

As famílias são envolvidas através de um convite por parte da escola/aluno.
Normalmente são envolvidos os pais, avós ou familiares que diariamente vêm trazer ou buscar os seus educandos à escola e que os mesmos, com muito orgulho no que fazem, "empurram" os pais para verem e fazem questão de explicar ao pormenor o que fazem diariamente.
Temos também alguns elementos da comunidade que, mesmo sem convite, se aproximam para presenciar o envolvimento dos alunos nas suas tarefas e acabam por auxiliar e partilhar a suas experiências de uma vida de trabalho no campo.

5. Apresentar exemplos do impacto da horta na comunidade e nos alunos:

- Desenvolvimento de novas temáticas.
- Curiosidade por novos conhecimentos.
- Motivação para os temas trabalhados na sala de aula.
- Descoberta da biodiversidade - fauna e flora: identificação.
- Desenvolvimento da sustentabilidade.
- Envolvimento da comunidade.
- Aprendizagens práticas.

6. Como é organizada a manutenção da horta e a repartição de tarefas?

- A manutenção da horta realiza-se com a colaboração de todos os elementos da comunidade escolar e com a repartição das tarefas em grupos mistos.
- Sempre que temos a presença de algum elemento externo à escola aproveita-se para uma aula no exterior de aprendizagem ouvindo e refletindo na nossa prática.
- São envolvidos os quatros anos de escolaridade em cada grupo de trabalho.
- Existe uma monitorização diária, por parte de uma equipa.

7. Como é feita a preparação do solo?

Toda a preparação do solo é realizada pelos alunos da escola que após recolha de informação se debatem alguns temas e afinam as ideias.
Ao longo do tempo de cultivo os alunos vão pedindo aos seus avós que partilhem algum fertilizante natural (normalmente o estrume dos animais) para nutrir a horta da escola. Os meus fazem o trabalho na horta e, depois de espalhado e envolvido levemente na terra, regam carinhosamente as plantas.

8. É feita compostagem?

8.1. Se sim, como e com que materiais?

Como é uma escola sem cantina escolar apenas são usados, para a compostagem, os resíduos recuperados pela limpeza dos espaços exteriores, da horta e da alimentação dos lanches dos alunos. Como a fruta faz parte do lanche, obrigatoriamente, três dias por semana, os resíduos dos mesmos são lá depositados.
Os alunos da turma A compilaram a informação necessária para a realização de uma correta compostagem e afixaram os cartazes junto aos compostor, onde permanecem diariamente.

9. Quais as culturas / consociações instaladas?

Na horta desenvolvem-se várias culturas: gramíneas, crucíferas, curcubitáceas, sonoláceas, leguminosas, liliáceas, aromáticas, entre outras.
Nesta horta temos então cultivado erva-principe, diferentes tipos de couves, rúcula e agrião da terra, curgete, chuchu, pepino, tomate, pimento, batata, fava, ervilha, feijão verde, alho, cebolinho, alho-francês, hortelã, caril, entre outras.

10. Apresentar um desenho/croqui da horta:

11. É feita recolha da água da chuva?

11.1. Como é feita a gestão da rega?

Maioritariamente, pratica-se uma rega localizada- Microrrega.
Apenas é feita quando a equipa responsável assim o entender e, quando realizada é no último período da tarde.
Após a partilha, por um elemento da comunidade, de que o uso do musgo mantinha a terra húmida por mais tempo, para além de ser benéfico para a planta, procedeu-se à colocação do mesmo em algumas partes da horta.

12. Monitorização de pragas e doenças:

12.1. É feita monitorização de pragas e doenças? Como e com que frequência?

A monitorização de pragas e doenças é feita pela mesma equipa do dia.
A mesma fica à responsabilidade de cada grupo que, diariamente, terá que observar e registar/comunicar alguma alteração.

12.2. Houve ataques de pragas e/ou doenças?

12.3. Se sim, quais e como foram combatidas?

Formiga- Inicialmente usou-se a borra de café, depois a casca de laranja e por fim recorreu-se ao uso do pó de talco. Não houve o total combate desta praga, uma vez que a mesma já era de grandes dimensões.
Larva/lagarta das couves- Combateu-se, sem dificuldade, com o pulverizar de uma mistura à base de água, detergente da loiça e vinagre.
Caracol- Combateu-se, também sem dificuldade, espalhando cinza, com alguma frequência, nas extremidades da horta.

13. Existem animais de criação ligados à horta?

13.1. Se sim, que espécies?

14. Assinale outras atividades que se realizam em torno da horta:

Feira na escola
Feira na comunidade
Confecção de sopas e outros pratos
Concursos
Aulas na horta
Outra

Outra, qual?

Aulas de pesquisa /Aulas práticas de como plantar, mondar, estrumar, cuidar.

14.1. Das que assinalou, descreva até três que considera mais significativas, referindo para cada uma o número de vezes que se realizou durante o ano, número de pessoas envolvidas, tipo de participação dos alunos, impacto na comunidade e outros aspetos relevantes:

Atividade 1:

Descrição:

Aulas de pesquisa para o combate às pragas existentes, às hortícolas a cultivar na horta e aos elementos necessários para a correta partilha de informação, aquando da realização das tarefas.
Esta tarefa realizou-se algumas vezes por ano, em que os alunos foram os principais envolvidos e autonomamente realizavam a tarefa, onde houve a partilha, em casa, das estratégias usadas e praticadas, no combate às mesmas.

Fotografias:

Atividade 2:

Descrição:

A partilha de conhecimentos por aqueles que já viveram noutros tempos em que a horta era o sustento de uma família.
Esta atividade realizou-se várias vezes ao longo do ano. Os elementos da comunidade convidados ou os que por ali passavam e que pediam permissão para entrar, foram os principais intervenientes nesta excelente partilha de conhecimento e de agradáveis momentos.

Fotografias:

Atividade 3:

Descrição:

Apesar da grande vontade em que os alunos demonstraram sempre para a limpeza e cultivo da horta, havia um contratempo. Os alunos eram desprovidos de hábitos nesta área. Este foi um desafio que não foi nada complicado de trabalhar uma vez que, os mesmos, sempre se mostraram interessados e motivados para as respetivas tarefas. Houve sempre uma breve explicação, visualização de vídeos, pesquisa individual, e mãos aos trabalho!
( A sementeira das batatas, o espalhar do composto orgânico e a observação de alguns seres vivos encontrados na horta, foram os momentos mais positivamente marcantes.)

Fotografias:

15. Outros aspetos de realce da horta:

O marmeleiro que serve de enriquece, amplia e serve de abrigo à biodiversidade.
A existência de comedouros, bebedouros e os abrigos dos pássaros personalizadas pelos alunos (casinhas).
O maracujazeiro que começa a tretar.

15.1. Link para a página da horta: