As Nossas Hortas Bio

Escola EB Luísa Todi (Setúbal)

A Nossa Horta Bio

Horta pequena (até 50m²)

horta em janeiro

horta em março

horta em maio

saber mais sobre a nossa horta bio

desenho/croqui da horta

questionário

1. Há quanto tempo existe uma horta na escola?

5 anos

2. Área aproximada da horta (m²):

12 m2

3. Quem trata da horta?

3.1. N.º de professores envolvidos:

2

3.2. Disciplinas que mais participam na dinâmica da horta:

Cidadania e Desenvolvimento e História e Geografia de Portugal

3.3. N.º de alunos envolvidos:

20

3.4. N.º de funcionários da Escola envolvidos:

4

4. As famílias são envolvidas?

4.1. Como e com que frequência?

Pontualmente, na doação de algumas plantas e sementes e disponibilizando os alunos para atividades do Programa Eco-Escolas.

5. Apresentar exemplos do impacto da horta na comunidade e nos alunos:

A horta surgiu da articulação do Programa Eco-Escolas (alunos Brigadas Verdes) e da Biblioteca Escolar Teresa Calçada (alunos monitores).
Os alunos de forma voluntária inscrevem-se para ocupar os seus tempos livres, na biblioteca, de forma entusiástica e têm um horário escolhido de acordo com as disponibilidades. Outros alunos, pontualmente, surgem e oferecem os seus préstimos executando tarefas. Envolvem-se, também, outros docentes porque reconhecem o espaço como um lugar de conhecimento onde os alunos vivenciam o resultado das suas pesquisas sobre as plantas, uma horta bio, compostagem…
Na horta, os alunos podem observar e experienciar tudo o que a ela diz respeito (preparação da terra, sementeiras, crescimento, colheitas, regas, compostagem...). Havendo alunos que vivem no campo e a maioria na cidade trata-se de um espaço de valorização de saberes e troca de experiências.
O impacto tem sido grande e os alunos consideram a horta sua. Procuram, regularmente, a funcionária da biblioteca escolar e as professoras para executarem as tarefas.
As plantas são identificadas pelos alunos com etiquetas criadas no computador e através de fotografia.
A altura da recolha de produtos é muito valorizada pelos alunos e professores. Toda a comunidade educativa dá valor à horta. Tem crescido em tamanho com a ajuda de um funcionário que reaproveitando paletes, as colocou com os alunos em bordadura onde se penduram os vasos. Estes são preparados pelos alunos (garrafões e garrafas de água) e outros oferecidos para serem reutilizados. Com a ajuda do mesmo funcionário e dos alunos colocaram-se garrafas de água em altura.
A horta é um espaço vivo e constitui uma oportunidade de valorizar e demonstrar métodos, técnicas e culturas tradicionais da região.

6. Como é organizada a manutenção da horta e a repartição de tarefas?

De acordo com a disponibilidade dos alunos, dos docentes e dos funcionários responsáveis, duas vezes durante a semana (horário fixo) e sempre que necessário. Às sextas feiras reforçam-se as regas. Quando não há alunos na escola há assunção de tarefas pela funcionária mais diretamente envolvida e por outras na sua ausência. Há a colaboração e acompanhamento das docentes e do Sr. Diretor.

7. Como é feita a preparação do solo?

Antes de se proceder à limpeza e à fertilização do solo foram colocadas paletes em volta da horta e uma estrutura de suporte vertical para a colocação de garrafas de plástico. Aqui houve a intervenção do Sr. Diretor e de um funcionário. Com as professoras, a partir de garrafas de plástico e garrafões criaram-se vasos.
Depois, ao longo do ano, manualmente, com a utilização de utensílios tradicionais e simples procedeu-se à limpeza e fertilização do solo (composto, borras de café, cinza, cascas de ovos…) Como se trata de canteiro pequeno é fácil cavar a terra mesmo com pequenos sachos (os próprios alunos).
Vai sendo preparado o terreno, fazem-se as sementeiras, a equipa responsável pela horta (alunos sempre em rotatividade) tira as ervas daninhas, verifica se existem predadores ou se é necessário regar... Por vezes,a rega faz-se com recolha de água das chuvas.

8. É feita compostagem?

8.1. Se sim, como e com que materiais?

9. Quais as culturas / consociações instaladas?

Investimos, sobretudo, em ervas aromáticas e hortícolas da região, próprias de outono/inverno e de primavera/verão.
Da horta fazem parte variadas aromáticas: coentros, chá príncipe, salsa, alfazema, rosmaninho, orégãos, tomilho, caril e vários tipos de hortelã. Plantaram-se, também: espinafres, alfaces, funcho, tomate, piri-piri, boldo, pera melão, e chu chu (estes dois últimos oferecidos por encarregados de educação) e morangueiros (oferecidos por uma professora e uma funcionária). Plantaram-se algumas plantas comestíveis: calêndulas e amores perfeitos.
Fez-se a consociação favorável: alface e couve; espinafre e alface; tomate e alface.
Devido à pandemia, ao consequente encerramento da escola e ao encerramento desta atividade por parte da ABAE, não se chegou a fazer um desenho/croqui da horta. Apresentamos no ponto 10, a seguir, uma fotografia em que se consegue visualizá-la no seu conjunto.

11. É feita recolha da água da chuva?

11.1. Como é feita a gestão da rega?

De acordo com as chuvas, os ventos e o aspeto que o terreno apresenta (e as próprias plantas). Quando necessário a rega é feita de manhã e ao fim do dia. Rega manual com garrafão de água e por alagamento, nos fins de semana.

12. Monitorização de pragas e doenças:

12.1. É feita monitorização de pragas e doenças? Como e com que frequência?

Através de observação direta, semanalmente. Temos também uma roseira que serve de controle.

12.2. Houve ataques de pragas e/ou doenças?

12.3. Se sim, quais e como foram combatidas?

13. Existem animais de criação ligados à horta?

13.1. Se sim, que espécies?

14. Assinale outras atividades que se realizam em torno da horta:

Feira na escola
Feira na comunidade
Confecção de sopas e outros pratos
Concursos
Aulas na horta
Outra

Outra, qual?

14.1. Das que assinalou, descreva até três que considera mais significativas, referindo para cada uma o número de vezes que se realizou durante o ano, número de pessoas envolvidas, tipo de participação dos alunos, impacto na comunidade e outros aspetos relevantes:

Atividade 1:

Descrição:

O momento de colher as plantas, fazer os raminhos e preparar a banca de exposição dos produtos. Envolvem-se rotativamente doze alunos. A participação dos alunos é de grande azáfama e felicidade por verem os resultados do seu trabalho. Há uma grande participação de alunos, professores e funcionários.

Fotografias:

Atividade 2:

Descrição:

A participação na BECOFEIRA (durante a BECOSEMANA - Semana da Leitura e Semana do Programa Eco- Escolas). Mercadinho de produtos e divulgação de aromáticas e hortícolas a toda a comunidade educativa. Este mercadinho tem muito impacto porque a escola recebe convidados e estes têm uma visita guiada à horta.

Fotografias:

Atividade 3:

Descrição:

Fotografias:

15. Outros aspetos de realce da horta:

15.1. Link para a página da horta:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=952658728446137&set=pcb.952658801779463&type=3&theater